Vp Extremo Oeste reúne-se com representantes das ACIs de Mondaí e Palmitos




Ouvir e estar próximo da base, com estes objetivos o vice-presidente regional Extremo Oeste,  Maikel Marciel Frey, visitou na última semana as associações de Mondaí e Palmitos. “Meu objetivo é ao menos uma vez ao ano ir até as entidades para ouvir os representantes e, a partir disso, buscar melhores os processos e soluções para melhorar a atuação das entidades junto aos associados, que são os propósitos do associativismo”. destacou.

Em Mondaí Maikel conversou com o presidente da ACIM, Adair Bruch e com a executiva Marlene Hirsh. Em Palmitos, o VP se reuniu com o presidente da associação, Ruben Fritz Prass, o coordenador do Núcleo do Investimento, o diretor de Aperfeiçoamento Profissional, Clei Rolon dos Santos, e o diretor secretário. Eduardo Luiz Predebon e o vice-presidente, Valdir Carlos Vignatto. 

“Em ambas busquei entender como as entidades estão vendo o trabalho da FACISC quanto a representatividade, presença na base, as soluções empresariais e a atuação dos consultores. Também falamos do projeto piloto de negociação coletiva das taxas de cartão, para atrair mais associados e melhorar as taxas para os já filiados, otimizando a evolução dos grupos econômicos”, declarou.

O vice-presidente também aproveitou as visitas para falar sobre o projeto Voz Única que esta semana terá as agendas de Road Show no Grande Oeste. Como vivemos o período eleitoral e teremos o road Show do Voz Única em São Miguel do Oeste busquei sensibilizar as diretorias para que estejam presentes”, explicou Maikel.

Maikel também se reuniu com o vice-presidente Elson Otto, para uma avaliação dos encontros. “As visitas foram muito positivas, pois pude perceber que a FACISC está respondendo positivamente às necessidades das entidades, tanto em termos de representatividade, como na melhoria do ambiente empresarial. Também percebi alguns pontos de melhoria em algumas situações pontuais, as quais já estão sendo avaliadas e tratadas com as partes competentes dentro da federação para ajustarmos”, relatou.