Novo presidente da ACIC Chapecó, Broch diz que prioridade é reduzir as deficiências de infraestrutura do Oeste




Combater as deficiências de infraestrutura do grande Oeste é a prioridade da nova gestão da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). A afirmação foi feita pelo presidente Lenoir Broch na noite dessa terça-feira (10), durante a solenidade de posse da diretoria executiva, dos coordenadores de núcleos e comemoração dos 75 anos da ACIC. “São deficiências que anulam os ganhos de eficiência e competitividade das empresas em geral e do agronegócio em particular, tornando mais oneroso produzir no oeste”, disse Broch.

O oeste precisa da duplicação da BR-282, da recuperação da BR-163 e de toda a malha rodoviária estadual (destaque para a crítica situação da SC-283), da construção de novos sistemas de suprimento de água, de novas subestações de energia elétrica e novas redes de distribuição, de gasoduto para gás de uso industrial, da qualificação dos aeroportos, do novo centro de pesquisa da Embrapa (para área de pastagens), de mais recursos para a saúde e das ferrovias Norte-Sul) e Leste-Oeste (São Miguel do Oeste-Itajaí).

De acordo com Broch, a questão ferroviária merece destaque. “A construção de ferrovias para escoamento da produção e transporte de matérias-primas para garantir o desenvolvimento e a competitividade da região oeste catarinense é uma reivindicação da ACIC há mais de 30 anos. Duas ferrovias são necessárias. Uma é a Leste-Oeste, ligando a região produtora oestina aos portos marítimos catarinenses. Essa é necessária para o escoamento da produção. Outra é a ferrovia Norte-Sul, ligando a região produtora de grãos do centro-oeste do País com Chapecó. Essa é essencial para garantir o suprimento de milho às agroindústrias do grande oeste catarinense”, salientou.

Para estimular investidores a se interessar pelo ramal da Ferroeste entre Chapecó e Cascavel, um grupo de entidades catarinenses – ABPA, ACIC, CEC, Facisc, Faesc, Fiesc, Ocesc e Sindicarne/Acav – desembolsou R$ 750 mil para pagar um EVETEA (estudo de viabilidade econômica, técnica e ambiental) para demonstrar a viabilidade do empreendimento. “A execução desse projeto tornará suportável a megaoperação de transferência de grãos para Santa Catarina e dos produtos acabados para os portos do Paraná”, frisou Broch. Durante a solenidade de posse, o presidente da ACIC entregou às entidades parceiras e à vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, o estudo de viabilidade do ramal.

No plano institucional, a ACIC manterá o produtivo relacionamento com o setor público, sem baixar a guarda de suas bandeiras: reforma tributária, com simplificação do sistema tributário; reforma administrativa, com redução do tamanho do Estado brasileiro; programa de desburocratização para descomplicar a vida das empresas e dos cidadãos; ampliação dos investimentos em infraestrutura, entre outras. Broch comentou, por exemplo, que o fundo eleitoral praticamente pagaria uma ferrovia entre Cascavel e Chapecó e ressaltou a importância de política não ter classe, mas ser parte da sociedade.

O presidente da ACIC da gestão encerrada em dezembro de 2021, Nelson Eiji Akimoto, realçou os 75 anos da entidade. “O associativismo está em festa, com a participação de muitas pessoas e ex-presidentes que são inspiração”, sublinhou. Akimoto lembrou que os dois anos de sua gestão foram de muitos desafios com a pandemia, mas que a diretoria esteve unida e conseguiu desenvolver diversas iniciativas e ações que impactaram positivamente no meio empresarial e na comunidade. “Estivemos presentes em diversos setores, entre eles na saúde e na economia, para propiciar aos associados e toda Chapecó e região algo de bom para superar as dificuldades”.

O presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Sérgio Rodrigues Alves, entregou a Lenoir Broch o diploma de presidente regularmente eleito e empossado. Segundo Alves, a ACIC desenvolve um grande trabalho não só por Chapecó, mas por toda a região Oeste. São inúmeros feitos conquistados pela entidade, que preza pelo desenvolvimento econômico e pela valorização do povo chapecoense. “A Ferroeste é um desse exemplos e estamos todos juntos para trabalhar de mãos dadas por essa região que gera tanta riqueza para o nosso país”. Alves também homenageou um dos ex-presidentes da Facisc, também ex-presidente da ACIC, Antonio Rebelatto, que recebeu das mãos do diretor de patrimônio Ricardo Harger Martins uma placa alusiva ao cinquentenário da Federação.

A vice-governadora destacou que nestes 75 anos da ACIC muitas lideranças deixaram sua marca em prol do desenvolvimento de Chapecó e região. “A ACIC é uma das entidades mais reconhecidas e representativas do Estado. As pessoas do Oeste têm uma eterna vontade de fazer diferente, de encontrar soluções para os problemas. O associativismo é exemplo disso. Um dos resultados é o estudo do ramal da Ferroeste. Irei protocolar o projeto na Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade do Estado e vou levar ao Governo Federal”, afirmou Daniela.

Também se pronunciaram no protocolo, com manifestações gravadas, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, o presidente da FACISC, Sérgio Rodrigues Alves, e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Presencialmente, se manifestaram o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, deputado estadual Moacir Sopelsa.

ANIVERSÁRIO

Fundada em 1947, a ACIC tem o objetivo de ser uma entidade empresarial representativa do comércio, indústria, prestação de serviços e agropecuária. A entidade é reconhecida no cenário estadual pela sua atuação de vanguarda, com posicionamentos que visam assegurar direitos da cidadania e o desenvolvimento da livre iniciativa. As grandes bandeiras da Associação, nos últimos anos, focalizam questões de infraestrutura regional, como rodovias, ferrovias e aeroporto, segurança pública, educação e saúde.

Para marcar essa trajetória, os ex-presidentes da ACIC receberam uma réplica de tela criada pela artista plástica e ilustradora Marlowa Pompermayer Marin. A obra representa a expressão de todas as lideranças que presidiram a ACIC nesses 75 anos. Também receberam a réplica os atuais presidentes do Conselho Deliberativo e do Conselho Consultivo da ACIC, entidades empresariais, lideranças políticas e patrocinadores da ACIC.

O evento teve como patrocinadores institucionais a Cooperativa Central Aurora Alimentos (Aurora Coop), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Sicoob MaxiCrédito, Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, Unimed Chapecó, Unicred Desbravador e Eko7, além dos patrocinadores categoria ouro (Dome Contabilidade) e categoria bronze (Scolari Comunicações e VS Service).

ATOS DO GOVERNO DO ESTADO

A ACIC abriu espaço no cerimonial para atos do Governo do Estado de Santa Catarina que beneficiam Chapecó. Foram anunciadas duas obras: o Elevado da Bandeira e a construção dos pavilhões e arena multiuso do Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, na Efapi. O pavilhão terá 8.800 metros quadrados de área construída e a arena multiuso outros 4.100 metros quadrados. O valor total para a obra será de R$ 18,3 milhões. O Elevado da Bandeira, na intersecção da BR-282 (avenidas Leopoldo Sander e Fernando Machado), tem como objetivo desenvolver ainda o município, expandindo a infraestrutura viária, com a redução do tráfego pesado, redução de custos logísticos, dentre outros benefícios. O Governo do Estado destinará R$ 35 milhões para a obra.

DIRETORIA EXECUTIVA 2022/2023

  • Diretor Presidente: Lenoir Antonio Broch
  • Diretor 1º Vice-Presidente: Helon Rebelatto
  • Diretora 2ª Vice-Presidente: Luiza Utzig Modesti
  • Diretor Administrativo: Daniel Bet
  • Diretora Administrativa Adjunta: Leandra Merisio
  • Diretor Financeiro: Carlos Martinelli
  • Diretor Financeiro Adjunto: Robert Otto
  • Diretora de Núcleos Empresariais: Cleunice Zanella
  • Diretor de Infraestrutura: Neivor Canton
  • Diretor do Agronegócio: Fernando Prezzotto
  • Diretora de Inovação e Empreendedorismo: Caroline Dallacorte
  • Diretor de Tecnologia da Informação: Sidimar Carniel
  • Diretor de Assuntos Tributários: Thiago Padilha da Rosa
  • Diretora de Relações e Negócios Internacionais: Bruna Furlanetto
  • Diretor de Relações Institucionais e Governamentais: Carlos Roberto Klaus
  • Diretor de Relações com Associados: Genuíno Simioni
  • Diretor de Expansão: Ariel Dahmer
  • Diretor de Representação em Conselhos: Willian Cezar da Silva