Extremo Oeste tem novo vice-presidente




As associações da Regional Extremo Oeste elegeram nesta terça-feira, 28/7, o novo empresário que vai representar a Facisc na região. Maikel Marciel Frey da Associação Empresarial de Santa Helena e Tunápolis lidera a regional nos próximos três anos. Do ramo de supermercados, ele sucede Elson Otto, vice-presidente Regional Extremo Oeste. Frey disse que assume o cargo com muita vontade e força para trabalhar e mudar para melhorar a região. “Que venha trabalho, porque é isso que a gente quer. Precisamos disponibilizar tempo porque temos que gostar da causa”. Otto disse que a região se destaca pelo trabalho da classe empreendedora. O Extremo Oeste teve os índices mais positivos de SC durante a pandemia. Resultado da classe empreendedora, da união, e no pensamento solidário. Sempre pensamos uns nos outros. Aqui é a porteira para o associativismo”.

O presidente da Facisc, Jonny Zulauf, participou da reunião, junto com outros integrantes da diretoria. Ele destacou o papel da região Extremo Oeste nas perspectivas positivas que são previstas para Santa Catarina. “A força da região está em cada um de vocês que atuam no associativismo, em cada um que arregaça as mangas e trabalha pelas cidades que compõem a região Extremo Oeste”.

A presidente da Acip de Palmitos, Elonir Schneider Zingler, falou que a entidade tem uma série de soluções empresariais e que por conta disso a entidade hoje não cobra mais mensalidades dos seus associados

Poliana de Oliveira, presidente do Conselho Estadual da Mulher Empresária, falou da amplitude dos núcleos de mulheres em todas as regiões. São 66 núcleos e mais de 1,1 mulheres em todas as regiões do estado”. Ela também apresentou o evento Empreende Mulher Catarinense, que acontecerá no dia 17 de agosto. O evento será gratuito e on line, contará com um painel voltado para inovação, adaptabilidade e reinvenção, e com a palestra da fundadora da rede de hotéis Blue Tree Hotels, Chieko Aoki. Mais informações podem ser acessadas em https://ceme.org.br/empreendemulher/

O superintendente institucional da Facisc, Gilson Zimmermann, explicou toda a readequação que a Facisc fez com a pandemia, desde reuniões virtuais, eleições e até a implementação de novas soluções. Com isso, o consultor de soluções empresariais Maicon Bido, falou que seis novas soluções foram lançadas neste período. “Geração de novos negócios e diminuição de custos foram alguns dos objetivos das novas soluções implementadas pela Facisc”, explicou. O consultor do Programa Empreender, Osvaldo Mota, também apresentou alguns dados da região. “São 840 empresas atendidas através dos núcleos da região. Focamos este período da pandemia na capacitação e suporte aos consultores locais”. A consultora de Atuação Regional, Márcia Tonet, falou sobre o trabalho que vem sendo realizado na área institucional. “O planejamento está sendo trabalhado em todas as associações para incentivar o movimento da retomada”.

O ex- secretário da Agricultura de SC, Airton Spies, falou sobre o agronegócio e o futuro. Ele fez um panorama sobre o setor. “Neste momento o agronegócio está em ebulição”. Destacou que o setor mostra como é importante para a economia do Brasil. “Mais do que nunca temos que pensar no futuro do agronegócio, mas também no agronegócio do futuro”. Ele explicou que um dos fatores mais importantes do agronegócio brasileiro para sua competitividade foi a tropicalização da agricultura com a plantação de grãos no cerrado e a diversificação. Ele também alertou para o relacionamento com a China. “É hora de mantermos um relacionamento amistoso com o país que mais consome do agronegócio brasileiro”. Spies também explicou a situação catarinense. “29% do PIB de SC é da agricultura”.

Antonio Rebelatto, ex-presidente da Facisc, falou sobre  a associação empresarial poder explorar a cadeia produtiva que está sob o seu guarda-chuva. “As associações empresariais têm que fortalecer muito as empresas locais”.

Capacitação
Durante o evento foi lançado uma de capacitação para empresas da região voltado para pensar na cadeia produtiva de todo o Oeste. Em parceria com a Unochapecó, a ideia é reunir todas as cidades para incentivar pensar no agronegócio e no crescimento e desenvolvimento dos produtos locais. Dia 4/8 haverá uma reunião com as ACIs das regionais Oeste, Extremo e Noroeste. Mais informações podem ser obtidas com o consultor do Empreender, Osvaldo Mota.

LGPD
A Lei Geral de Proteção de Dados está aí e as empresas têm que se preparar. A entrada em vigor da lei está prevista para este ano e as penalidades serão apenas a partir de maio de 2021, e a Facisc quer ajudar para que todos estejam preparados, por conta disso, durante o evento foi lançado aplicativo LGPD Na Mão. A GDR Consultoria e a MSI Tecnologia criaram o aplicativo para auxiliar às empresas. Baixe para os seus colaboradores para conhecer e mudar a cultura nas empresas.
Sucessão na Facisc
Além das eleições para as vice-presidências regionais que acontecem até esta sexta-feira, 31/7, em setembro, acontece a eleição para a diretoria da entidade. Durante a reunião, o empresário Sérgio Rodrigues Alves, colocou o nome à disposição como candidato