Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento Econômico da Grande Florianópolis é apresentado na plenária regional da Facisc




 

Os representantes das associações empresariais da regional Grande Florianópolis reuniram-se nesta quarta-feira (24/3) para a plenária da Federação na região.

Liderado pelo vice-presidente regional Grande Florianópolis, Leandro Porto da Rosa, o encontro foi marcado pela apresentação do planejamento, ações e projetos do Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento Econômico da Grande Florianópolis (COMDES).

Entre as ações apresentadas pelo presidente do Conselho, Marius Bagnati, destaque para o contorno viário da Grande Florianópolis que vem sendo discutido desde 1998. “Esta é a obra mais importante hoje para o estado. A promessa é que seja entregue em 2023”, declarou.

Entidade articuladora dos interesses da região, o Comdes tem participação em importantes movimentos, como por exemplo o aeroporto Hercílio Luz, a Ponte Hercílio Luz, o Plano de mobilidade urbana sustentável da Grande Florianópolis, a Governança metropolitana e mobilidade urbana, o Plano de desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI), entre outros.

Segundo o vice-presidente regional, o objetivo é conhecer o Conselho e ver de que forma a regional pode contribuir. “Este é apenas o primeiro de muitos encontros. Certamente podemos contribuir, pois é uma necessidade de todos”, ressaltou.

 

*ACI anfitriã*

Anfitrião do encontro, o presidente da Associação Empresarial de Biguaçu (ACIBIG), Marco Aurélio Dias, falou no encontro algumas das principais ações da entidade que tem investido fortemente na criação de Núcleos e no programa DEL, que será lançado em breve e promete ser o carro chefe da gestão.

Presente no encontro, o presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves, parabenizou o trabalho da ACI reforçando o apoio da Federação e que o DEL também será um dos focos na atual gestão. “Apesar do momento que passamos, fico feliz em poder estar a frente da Facisc e poder contribuir com as entidades e os empresários no que for preciso”, declarou.

A reunião também contou com a participação do ex-presidente e integrante do Conselho Superior da Facisc, Ernesto João Reck.

 

*Espaço FACISC*

No espaço Facisc, a consultora de atuação regional, Carina Casanova falou sobre a construção dos planejamentos e o apoio que vem sendo realizado para as entidades.

Carina também lembrou da grande perda recente para o associativismo catarinense com o falecimento do vice-presidente regional Sul, Jaime Pacheco Alves. “Perdemos uma pessoa incrível, que deu grandes contribuições para a sociedade. Perde a cidade, perde o estado, perde o associativismo”, declarou.

A consultora do Programa Empreender, Mariane Bergmann, apresentou o Programa de Aceleração de Núcleos (PAN), que conta com aporte de recursos para investimento nos projetos dos Núcleos do Programa Empreender.

A consultora comercial, Franciele Batalha, apresentou resultados financeiros das soluções empresariais na região e algumas das novidades no catálogo de produtos voltados para as ACIs. Também reforçou o convite para Convenção das Soluções Empresariais 2021, que inicia no dia 30 de março.

*Espaço Ceme e Cejesc*

Representando o Conselho Estadual da Mulher Empresária (Ceme), Rejane Silva Sanches, falou sobre as ações de fomento a conectividade para acolher novas empreendedoras que estão ingressando no universo empresarial neste momento de pandemia.

Coordenadora do Núcleo de Jovens da Palhoça, Mábila Thuany Schmidt, encerrou o encontro relatando o movimento de expansão e integração que vem sendo promovido pelo Cejesc. “Estamos tendo um ótimo crescimento dos núcleos e vemos que os jovens estão enxergando o valor do associativismo”, relatou.