ACIJS chega aos 84 anos como referência do associativismo e engajamento social




Reconhecida por sua atuação no movimento empresarial de Santa Catarina, a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul completa nesta quarta-feira 84 anos de fundação.

Foi em 22 de junho de 1938 que cerca de 30 empresários se reuniram sob a liderança de Arthur Breithaupt, Waldemar Grubba, Wolfgang Weege e Arnoldo Schmidt, para formar a entidade. O ato representaria um dos primeiros movimentos para dar autonomia e fortalecer o então município após a emancipação de Jaraguá do Sul, até 1934 ligada política e administrativamente a Joinville.

Do primeiro encontro liderado por industriais e comerciantes, a ACIJS foi solidificando ano a ano seu papel de representação do setor produtivo. Ao lado da preocupação com o fortalecimento da atividade econômica, em uma Jaraguá do Sul que avançava em vários segmentos, do têxtil e vestuário, à metalurgia e manufatura, a entidade também passaria a ser porta-voz dos anseios da comunidade na busca de melhor infraestrutura em áreas como segurança pública, saúde e educação, oportunizando à população bem-estar social e qualidade de vida.

Atual presidente, Ana Clara Franzner Chiodini, avalia que essa característica de atuação permeia a história da entidade e torna a ACIJS referência do movimento associativo no estado e obtendo reconhecimento nacional. “É o senso de engajamento e de organização da classe empresarial um dos principais legados daqueles pioneiros. O que torna a ACIJS diferenciada é o dinamismo e a busca da inovação, com arrojo e liderando ações muitas vezes como entidade à frente do seu tempo. São princípios que estão muito alinhados aos valores que começaram a ser definidos pelas primeiras gestões e renovados sucessivamente por cada nova diretoria”, enfatiza Ana Clara.

A chegada aos 84 anos, observa a presidente, é apoiada no propósito de fortalecer ainda mais os valores construídos. Ampliar as conexões com os associados e com as empresas que ainda não estão integradas ao associativismo, gerando conhecimento e potencializando o ecossistema empresarial, é um dos desafios da entidade, explica Ana Clara. A meta, indica, é gerar valor ainda maior ao associado e fortalecer o senso de participação comunitária, buscando um ambiente favorável de negócios e o desenvolvimento sustentável do município e região.

A ACIJS se prepara para os próximos anos apoiada no planejamento estratégico, com foco na inovação e auxiliando empreendedores na melhoria da gestão de seus negócios. Nessa linha, recentemente a entidade criou um programa de Mentoria Empreendedora, inédito em Santa Catarina por oferecer a condição do empresário contar com a expertise de profissionais e um suporte qualificado de CEOS, de ex-presidente da entidade e executivos da alta gestão, que atuam voluntariamente como uma espécie de conselheiros. Outra novidade em lançamento é o programa Trilha Empreendedora, com três capacitações para atender demandas pontuais do empresário em relação a vendas e marketing, finanças e na gestão de pessoas e liderança.

Evento debate governança e longevidade das empresas

Para marcar os 84 anos de fundação, a ACIJS realiza no dia 27 (segunda-feira) um painel com a presença de três ex-presidentes. O tema “Desmistificando a Governança – Como construir empresas longevas e sustentáveis” vai contar com as participações dos ex-presidentes Décio da Silva, Jaime Richter e Monika Hufenüssler Conrads, que integram o Conselho Superior da entidade. O painel ocorre às 19 horas, no Centro Empresarial, terá a presidente Ana Clara Franzner Chiodini como mediadora, e a entrada é gratuita para empresários e comunidade, mas as vagas são limitadas. Ao final do painel, será servido um coquetel aos presentes, em comemoração ao aniversário.

Informações e inscrições no portal In Rede [www.acijs.com.br], e-mail eventos@acijs.com.br ou telefone (47) 98835-1316.