Acib recebe tenente-coronel e subcomandante do 3º Batalhão de Bombeiros Militar de Blumenau




A reunião conjunta entre Diretoria e Conselho Deliberativo da Acib, ocorrida na última segunda-feira (03/05) de forma online, teve como convidados o tenente-coronel Jorge Artur Cameu Júnior e o subcomandante Daniel Gevaerd Muller, ambos do 3º Batalhão de Bombeiros Militar de Blumenau (3ºBBM). Eles falaram sobre suas ações frente à entidade, bem como o cenário atual e planos futuros. 

 

O tenente-coronel do 3º Batalhão de Bombeiros Militar de Blumenau está no comando da entidade desde fevereiro/2021. “2020 foi um ano atípico onde pudemos notar um aumento significativo de ocorrências. Hoje, no total, estamos com 84 bombeiros militares efetivos”, informou.  “Uma das novidades é a junção de todas as centrais de atendimento de emergências dos bombeiros, que hoje está localizada em Blumenau e conta com 12 bombeiros exclusivos, aptos para esse atendimento. Vale lembrar que essa central atende toda a região do Vale do Itajaí. Juntar todas as centrais de atendimento gerou muitos benefícios para região, dentre eles, a padronização do atendimento ao público e a distribuição dos efetivos”, destacou o subcomandante Daniel Gevaerd Muller. 

 

Muller também apresentou a estrutura física composta em Blumenau, sendo três bases: um quartel central, um quartel no bairro Salto do Norte e outro bairro Garcia. “Também contamos com uma companhia área de bombeiros militares que está localizada no aeroporto de Blumenau, onde está situado o Arcanjo-3, que também atende toda região”. 

 

Blumenau ainda conta com uma equipe de força tarefa que conta com 14 bombeiros militares, um caminhão de ajuda comunitária e três camionetes 4×4 para ocorrências de difícil acesso. “A nossa equipe de força tarefa está apta para as situações mais graves e severas como enchentes, deslizamentos, entre outras”, explicou Muller. 

 

“No Vale do Itajaí estamos com 17 bases operacionais, em 11 cidades, destas bases, oito têm o serviço completo de bombeiros com viaturas, ambulâncias e caminhão para incêndio, e três com atendimento de bombeiros voluntários”, ressaltou o subcomandante.  

Questionados sobre as metas para o próximo ano, Muller e Comeu Júnior informaram que a principal é avançar nas obras para uma nova base no bairro da Velha. “Buscamos futuramente implantar uma estação de bombeiros à disposição total da comunidade, ou seja, um local onde grupos de bombeiros voluntários e aptos possam assumir as viaturas e empregar o primeiro atendimento à ocorrência”, finalizam.