Sérgio Alves ressalta importância participação da Facisc no Coes na reunião do Noroeste




A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) realizou na noite desta terça-feira, 30/3, a Reunião Plenária Regional do Noroeste. O evento, que aconteceu, de forma virtual, reuniu presidentes das associações empresariais da região. O presidente da Federação, Sérgio Rodrigues Alves, destacou a importância da participação da Facisc no fórum no Conselho do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) neste momento de pandemia. “Reafirmamos em nome de todos os associados nossa posição a favor da preservação de vidas através da conscientização coletiva, seguindo as medidas restritivas e de enfrentamento à pandemia, porém sem fechamento das atividades econômicas. Temos uma resposta positiva de 80% dos municípios. Tivemos uma redução significativa no número de transmissão de casos na região Extremo Oeste, mas ainda temos o problemas de ocupação dos hospitais. Temos que continuar a cuidar com o afastamento, com a higienização das mãos e com todos os protocolos”, destacou.

O vice-presidente Regional, Igor Vissotto, ressaltou a união de todas as cidades da Regional. O presidente da Associação Empresarial de Guarujá do Sul (Acegs), Fabiano Rambo, passou uma mensagem de positivismo aos associados e comunidade em geral e reforçou sobre o papel do executivo municipal em não restringir mais as restrições estaduais e observar as necessidades de cada município.

O ex-presidente da Facisc e membro do Conselho Diretor da Federação, Ernesto Reck, participou da reunião e falou sobre liderança, sobre o papel dos grandes líderes até o papel de cada presidente de associação empresarial. “Esperamos que cada presidente seja representante da sociedade, da classe empresarial, que lute pelos direitos e seja disseminador de boas práticas para o setor produtivo”.

A Facisc apresentou a nova consultora comercial Geisilaine Morás. A consultora comemorou o crescimento na área de soluções empresariais na regional Noroeste. “Mesmo em tempo de pandemia tivemos um crescimento surpreendente”. Ela também falou sobre novas soluções que estão em lançamento na Convenção das Soluções Empresariais. A consultora regional do Empreender, Lenir Peres Pavan, falou sobre os desafios e programas desenvolvidos para fortalecer a atuação dos núcleos empresariais. A consultora de Atuação Regional, Márcia Tonet, também apresentou as atividades realizadas na região.

Aduana

O diretor de Comércio Exterior da Facisc, Marcos Voltolini, apresentou sobre a audiência Pública/Receita Federal referente ao edital Porto Seco em Dionísio Cerqueira. Segundo o diretor atualmente não há espaço para realizar a ampliação da aduana no atual local que ela se encontra. Por conta de todos os problemas que a aduana vem passando, surgiu o movimento a “Aduana é Nossa”. Entre as reivindicações estão: atender a demanda da Rota do Milho, implantar e oficializar a Rota Bi-oceânica e atender a Lei n 17.762 de 7 de agosto de 2019, que dispõe sobre a isenção do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).