Secretário de Estado da Infraestrutura relata aos diretores da ACIL os investimentos na Serra Catarinense




O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, foi o convidado da primeira reunião em formato híbrido da diretoria da Associação Empresarial de Lages realizada nesta terça-feira, 13 de outubro. Ele relatou aos empresários alguns investimentos que estão sendo feitos na infraestrutura da Serra Catarinense, entre elas as Serras do Corvo Branco e do Rio do rastro, concessão de rodovias e Aeroporto de Correia Pinto.
De acordo com o secretário, desde o início desta gestão já foram investidos mais de R$ 740 milhões em obras de infraestrutura, com recursos próprios. Ele destacou as obras que serão realizadas na Serra do Corvo Branco, fazendo a conexão entre a Serra e o Sul do estado. O edital de licitação será lançado no máximo na primeira quinzena de novembro. Outra obra importante relatada por ele é a proteção das encostas por telas armadas em toda a extensão da Serra do Rio do Rastro, com um investimento de R$ 19 milhões.
Vieira também relatou que foi formado um grupo de trabalho para estudar os processos de concessão de rodovias federais junto com as rodovias estaduais, “este estudo o trecho da BR-282 que, efetivamente, é um trecho que carece de especial atenção. O trajeto entre Lages e Santo Amaro é um trajeto ainda penoso, ele precisa de melhorias. O ideal seria duplicar, mas como não é possível, é preciso ter um aumento de capacidade com terceiras faixas, isso facilitaria muito e diminuiria os fatores de risco da rodovia”, explicou.
Sobre o Aeroporto Regional do Planalto Serrano, em Correia Pinto, Vieira declarou que até o final do primeiro semestre de 2021 deverá ter instrumentos de navegação, estação meteorológica, bem como estar concluídas as melhorias de acesso e de iluminação. “A partir daí poderemos ter voos regulares. Depois faremos um processo de estudo para concessão do aeroporto”, concluiu.