Secretário André Motta sinaliza apoio a projeto de Hospital infantil em reunião com representantes do Planalto Norte




Em mais um passo para a buscar apoio para a construção do Hospital Regional Infantil, o vice-presidente da Facisc para o Planalto Norte, Antônio Tiburske, ao lado do presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves e dos presidentes das oito associações da região, reuniram-se nesta terça (31/8) com o secretário de saúde do estado, André Motta.

No encontro o coordenador Médico do Hospital Santa Cruz e consultor em gestão de saúde, doutor Michael Lang, apresentou ao secretário o levantamento dos dados e a proposta de viabilidade da especialidade infantil para a instalação do hospital Santa Cruz de Canoinhas. “Identificamos a falta de assistência no Planalto Norte. A região não possui por exemplo serviços de alta complexidade nem leitos de uti pediátrica e temos uma população infantil é de mais de 87 mil crianças. Temos todo um cenário favorável. O Hospital Santa Cruz já conta com plantão presencial além de toda a estrutura e por isso pode se vocacionar ao atendimento de pediatria”, destacou.

Presidente da Associação Empresarial de Canoinhas (ACIC) e do hospital Santa Cruz, Reinaldo de Lima Junior ressaltou que o projeto não é somente de Canoinhas, mas de todo o Planalto Norte. “É um projeto muito importante para a região”, declarou.

No encontro o secretário sinalizou apoio ao projeto. “Que bom que trazem este projeto. Vamos analisar a documentação, mas contem com a nossa adesão pois queremos ampliar a oferta de serviços. Já estamos trabalhando para regionalizar os acessos, pois as pessoas precisam se tratar perto das suas casas e por isso temos as mesmas vontades e estamos falando todos a mesma língua. Temos muito a evoluir na questão de parcerias”, afirmou o secretário.

“Há demanda e não é justo que as crianças continuem sendo transportadas para outros municípios para serem atendidas. Por isso a Facisc se une aos representantes da região e reforça este apelo que certamente trará grandes benefícios para toda a sociedade”, destacou o presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves.