Presidente da SCGás cumpre agenda em São Lourenço do Oeste




Junto com a equipe técnica, o diretor presidente da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás), Willian Anderson Lehmkuhl, participou, na manhã desta terça-feira (03), na Associação Empresarial e Cultural de São Lourenço do Oeste (Acislo), de um encontro com empresários e lideranças lourencianas e da região. Além de apresentar o trabalho e plano de investimento da companhia, Lehmkuhl esclareceu algumas dúvidas e falou sobre a possível implantação de uma linha de gás natural que possa atender a região.

De acordo com o diretor presidente da SCGás, ao longo dos 20 anos de operação a companhia investiu em torno de R$ 1,5 bi e o foco, neste momento, é desenvolver soluções para as cidades mais afastadas da vertente atlântica. Segundo ele, essas soluções passam por projetos estruturantes, através de redes isoladas, as quais são abastecidas por caminhões e que podem atender polos como o de São Lourenço do Oeste. “Nós já temos um piloto dessa solução operando com bastante sucesso a cerca de um ano e meio na cidade de Lages”, disse justificando que a conversa serviu, em linhas gerais, para apresentar essa alternativa ao empresariado e as lideranças do município.

Ciente que o gás natural é um fator de fixação das empresas existentes e atração de novos investimentos, Lehmkuhl deixa claro que há etapas e estudos a serem seguidos. “Nesse um ano e meio de operação em Lages nós adquirimos a experiência necessária para entender como esse sistema funciona”, disse explicando que, no caso de São Lourenço do Oeste, o próximo passo e aprofundar o estudo das características das empresas, tipo de consumo, volume necessário e a geografia.

Lehmkuhl avalia que a discussão foi saudável e importante, pois permitiu que o assunto fosse clareado. “Passamos a mensagem que a SCGás, como concessionária estadual, está olhando para essa região e entende a importância dela e do gás natural para o desenvolvimento”, resume.

Fernando Pressotto, presidente da Acislo, avalia como positiva a agenda do diretor presidente da SCGás em São Lourenço do Oeste. Para ele, é uma forma do empresariado lourenciano, especialmente do setor industrial que tem interesse no tema, saber como a companhia está trabalhando e quais são os planos para a região. Concordando que o gás natural pode ser um fator determinante para a competitividade das indústrias instaladas no município, Pressoto adianta que a associação vai contribuir com o levante de informações para que a equipe técnica da companhia tenha subsídio para avaliar o potencial lourenciano.

Participação

Além de lideranças e empresários locais e da região, o encontro reuniu o prefeito de São Lourenço do Oeste, Rafael Caleffi, vereadores, vice-presidente da Regional Noroeste da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Deni Luciano Boito, e o 1ª vice-presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Ernesto João Reck.

Fonte: Assessoria de Comunicação Acislo