Pela primeira vez em São Lourenço do Oeste, treinamento Dale Carnegie é realizado na Acislo




Por meio da Associação Empresarial e Cultural de São Lourenço do Oeste (Acislo), um grupo formado por empresários, diretores, gestores e gerentes, participa da primeira turma de formação pela metodologia Dale Carnegie no município. O treinamento, que reúne 31 pessoas e iniciou neste mês de novembro, tem durante de 13 semanas, sendo um encontro por semana de quatro horas cada.

De acordo com Leonardo Müller, instrutor e diretor de negócios da Dale Carnegie, o treinamento é totalmente prático e visa desenvolver a habilidade para os negócios. “Não é rotina nossa formar grupos em cidades com o número de habitantes como São Lourenço do Oeste. Mas, como o município está se destacando e os empresários querem se desenvolver, a Dale Carnegie entendeu que poderia oportunizar a metodologia” disse lembrando que das 500 maiores empresas do mundo, 400 são treinadas pelo método.

Müller conta que o treinamento transforma as pessoas. Segundo ele, quem participa consegue enxergar o mundo, as pessoas e os negócios de uma forma diferente. “Elas [pessoas] entendem que a responsabilidade de mudar o mundo é delas”, antecipa.

Fazendo uma referência ao momento da pandemia, Müller explicou que toda transformação exige uma mudança interna. “É nesse ponto que entram os desafios – flexibilidade, controle de estresse e preocupação, medo e a zona de conforto. É nessa hora que as pessoas precisam elevar as competências e gerar sucesso”. Hoje, segundo ele, o mundo requer cada vez mais pessoas que saibam lidar com pessoas. “No passado as pessoas faziam graduação para aumentar o salário. Hoje elas precisam se qualificar para permanecerem nas empresas e os negócios permanecerem no mercado”.

Em resumo, a proposta do treinamento é desenvolver habilidades para que empresários, diretores, gestores e gerentes saibam lidar com pessoas. De acordo com Müller, a realização do treinamento é uma oportunidade para os donos de negócios desenvolverem seus potenciais.

A condução da formação é feita por uma equipe de nove pessoas, sendo que dois são instrutores. Os encontros são realizados sempre no auditório da Acislo e respeitam os protocolos de segurança dos órgãos de saúde.

Fonte: Assessoria de Comunicação Acislo