Núcleos da ACIC Chapecó conscientizam sobre boas práticas no trânsito




Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Esse é o objetivo do Movimento Maio Amarelo. A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), por meio do Núcleo dos Centros de Formação de Condutores, do Núcleo de Automecânicas e do Núcleo das Escolas Particulares, está engajada na campanha deste ano. No fim de semana, os integrantes dos Núcleos participaram de ações no Shopping Pátio Chapecó. A intenção foi conscientizar as pessoas a adotarem comportamentos mais seguros e responsáveis, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais usuários do trânsito.

            A coordenadora do Núcleo dos Centros de Formação de Condutores, Kerla Adams, ressaltou que o grupo empresarial participa todos os anos do Maio Amarelo, demonstrando que não está somente ligado ao início de um processo de aprendizagem, mas em todos os momentos em que se pensa e planeja o trânsito no município. “Por meio do Movimento Maio Amarelo, busca-se conscientizar a população e colocar em pauta o tema segurança viária. Percebemos tanto nas aulas de direção quanto no trânsito em geral que é preciso reforçar a importância da atenção às regras do trânsito e legislação. Nosso objetivo durante as aulas teóricas e práticas é que o comportamento seguro no trânsito deve ser um hábito e não um esforço”.

            O coordenador do Núcleo de Automecânicas, Evandro Tolotti, salientou que o número de acidentes cresce a cada dia em Chapecó. “É fundamental que os usuários prestem mais atenção e obedeçam a legislação. Além disso, é muito importante também conhecer o veículo e fazer a manutenção preventiva, pois muitos acidentes podem ser evitados quando a mecânica do carro está em dia. Todos somos responsáveis por um trânsito mais seguro e mais humano”.

            De acordo com a coordenadora do Núcleo das Escolas Particulares, Luciana Balbinott Paludo, a segurança no trânsito é responsabilidade de todos, motoristas e não motoristas, poder público, empresas, entidades de classe, associações e sociedade civil organizada. O envolvimento das escolas, por exemplo, demonstra a amplitude com que o tema tem sido tratado. “Segurança no trânsito é um dos temas trabalhados constantemente nas escolas. Uma de nossas preocupações é o compromisso de educar cidadãos conscientes, com a possibilidade real de olhar para o futuro de maneira ativa, com uma atuação responsável e ativa. Além disso, os alunos levam os temas trabalhados na escola para suas famílias, muitas vezes auxiliando os pais em uma atuação mais cuidadosa no trânsito”.

            ESTATÍSTICAS

            Em Santa Catarina, 90% dos acidentes de trânsito são causados por imprudência dos motoristas. Em Chapecó, foram registrados mais de 3,5 mil acidentes de trânsito em 2021. O excesso de velocidade é o principal motivo das infrações registradas no município. Porém, com algumas atitudes simples, é possível transformar o trânsito. São elas: respeite a faixa de pedestres, diminua a velocidade nas rotatórias, redobre a atenção no sinal amarelo, respeite os limites de velocidade, fique atento à sinalização, redobre o cuidado nas rotatórias e, para os pedestres, utilizem a faixa.

            O evento do fim de semana foi organizado pela Diretoria de Segurança Pública da Prefeitura de Chapecó, em parceria com o Shopping Pátio Chapecó, e contou com a participação da Polícia Civil e da ACIC por meio dos Núcleos de Automecânicas, Centros de Formação de Condutores e das Escolas Particulares. Além das atividades educacionais, o espaço contou com pista de trânsito, carrinhos elétricos, óculos de simulação de embriaguez, contato próximo com os guardas municipais, viaturas e o novo cão do canil da Guarda Municipal.