Movimento da Inovação fecha cronograma 2022 com palestra sobre inovação e oportunidades




Resultado de um esforço conjunto entre Associação Empresarial e Cultural de São Lourenço do Oeste (Acislo), Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e Unochapecó, ambos campus de São Lourenço do Oeste, uma séria de ações e atividades com foco no fomento da inovação foram realizadas no ano de 2022. O esforço foi é tratado como Movimento da Inovação. A última atividade do ano, realizada em dezembro, no dia 08, foi uma palestra sobre inovação e oportunidades com Alan Tagliari, vice-presidente comercial da empresa Viasoft.

Para empresários, lideranças e estudantes, Tagliari buscou desmistificar o terno inovação e os impactos que isso causa. Ele conta que o termo, por vezes, é banalizado e colocado fora de contexto. “Minha intenção foi fazer um bate papo”, disse citando que para isso trouxe exemplos. Junto com isso ele aproveitou para falar sobre as tendências e as oportunidades do mercado de inovação.

De uma forma dinâmica Tagliari deixou claro que inovação vai além da tecnologia. “É muito mais amplo”, resume. Nessa linha, ele cita, por exemplo, mudanças na forma de entrega, de venda e até mesmo de posicionamento de mercado. “Há várias esferas que de fato você pode promover a inovação”, garante.

Questionado sobre o movimento lourenciano, o palestrante reconhece a sua importância e afirma que a inquietação que o projeto gera é benéfica. Segundo ele, isso contribui e mostra que há outros caminhos e oportunidades. “Isso [inovação] não é algo distante, que está só em grandes centros”, percebe. Quanto ao caminho, ele avaliza: “é um bom começo”. Conforme ele é uma construção que, na prática, traz um choque de realidade e informações para as pessoas e os empresários. “Essa conexão entre as entidades é muito importante, pois ela acaba acelerando o movimento”.

Fernando Pressoto, presidente da Acislo, reforça que o movimento da inovação traz, não só a questão da formação e do conhecimento, mas também oportunidade de ampliação de renda e desperta o interesse das empresas em implementar processos inovadores. Apesar de ter sido a última atividade do ano, Pressoto adianta que em 2023 outras ações dentro da proposta serão realizadas.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Acislo