Facisc pede colaboração de empresas e colaboradores para controlar surto de Covid em SC




A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), que representa mais 149 associações empresariais, 35 mil empresas presentes em 220 municípios catarinenses, emitiu hoje comunicado aos seus associados pedindo atenção redobrada neste momento de escalada de casos de Covid-19 no estado.

Para o presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves, o momento é de atenção total para que não se tenha impactos como os vistos nos outros anos. “Temos que ter mais cuidados com os protocolos de saúde como uso de máscara, higienização das mãos, vacinação e evitar aglomerações”, evidencia. Alves destaca que as empresas seguem à risca os protocolos sanitários. “Cabe a cada um de nós, como cidadãos responsáveis, cuidarmos para que não tenhamos prejuízos tanto à saúde quanto à economia. Já existia uma previsão de que haveria um aumento no número de casos com as férias e festas de fim de ano, e isso comprova que os ambientes de trabalho são seguros, pois vínhamos há semanas tendo redução no mapa de risco em Santa Catarina”.

Segundo números divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, há um aumento significativo no número de casos, principalmente na região litorânea, e o secretário André Motta, afirma que não haverá novas restrições.