Em Criciúma, projeto auxilia empreendedores na gestão dos negócios




Para manter um negócio equilibrado e sustentável, os empresários são desafiados diariamente tanto pela gestão da própria empresa como pelas questões de mercado. Para os micro e pequenos empreendedores, que representam quase 30% do PIB brasileiro, esse desafio é ainda maior.

Em pequenos e médios negócios, o empreendedor quase sempre é o responsável por todas as áreas da empresa, deixando, muitas vezes, de perceber novas oportunidades e inovações.

Auxiliar esses empreendedores a gerenciar com mais eficiência seus negócios é um dos propósitos da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), por meio do Projeto Conexão Associados. O programa gratuito aos associados da entidade oferece orientações e ferramentas aos empreendedores, por meio de mentorias, com uma equipe também voluntária de especialistas em diversas áreas, como jurídica, financeira, trabalhista, tributária, recursos humanos, gestão de processos, ambiental, custos, gestão e reestruturação administrativa financeira, governança corporativa em empresas familiares, valuation e marketing.

Desde o início do projeto, lançado durante a pandemia, foram realizados inúmeros  atendimentos pelos mentores. “Os micro e pequenos empresários conhecem bem o seu negócio, mas muitas vezes, falta orientação na área de gestão e esse projeto vem para oferecer esse conhecimento mais aprofundado nas diversas áreas do negócio. Entre os eixos de atuação da nossa gestão está justamente o trabalho voltado para desenvolver e fortalecer a micro e pequena empresa”, destaca o presidente da Acic, Valcir José Zanette.

Apoio

Um dos mentores do projeto é o especialista em Marketing Igor Machado Borges, que destaca a importância desse trabalho junto aos empreendedores. “ O micro, o pequeno e até mesmo o médio empreendedor foca mais na operação do próprio negócio. Muitas vezes é ele quem faz o atendimento ao cliente, a compra dos insumos, o orçamento, a precificação, o controle do estoque, as vendas, mas acaba não tendo o conhecimento que precisa para fazer a empresa prosperar”, explica Borges.

“Esse projeto da Acic vem justamente para auxiliar esses empresários a olharem para o seu negócio de maneira diferente, com o auxílio de profissionais com larga experiência no mercado e que podem fazer a diferença. Mas o projeto é muito mais abrangente. Quando há empresas fortes, há benefícios para a cidade, para a população, para todos que estão envolvidos. Contribuir com esse projeto é de enorme satisfação”, enaltece o especialista.

Empresas atendidas

A Ghellere Automação foi uma das empresas que procurou apoio dos mentores. O crescimento da empresa forçou a busca para melhorar os processos organizacionais. “Realizamos quatros encontros com o especialista na área Narbal Teixeira e conseguimos melhorar as rotinas organizacionais de empresa, como aplicação de metas e escala de distribuição de trabalho dos colaboradores. Este trabalho desenvolvido pela Acic é extremamente importante, assim como as demais ações da entidade em prol do fortalecimento da classe empresarial”, ressalta a gerente financeira da empresa, Joice Carboni Ghellere.

Orientação nas áreas trabalhista e jurídica foi a demanda da Daruggi Confecções ao buscar o Projeto Conexão Associados. “Fomos orientados pelos consultores André Trombim e Cristine Dagostin, que nos sanaram muitas dúvidas com relação, especialmente, aos colaboradores. Usamos muito a consultoria no ano passado e ainda este ano também. Ter este suporte é muito importante”, coloca a assistente administrativa da empresa, Greyce Daruggi.

Equipe de especialistas voluntários

“Tive a oportunidade de trabalhar no projeto Juntos de Coração, origem dessa nova etapa da mentoria, e foi uma experiência muito bacana, por poder ajudar os empresários com dificuldades relacionadas a financiamentos bancários, questões trabalhistas, entre outras. Principalmente para entender as dificuldades, as necessidades e realimentar as nossas atividades técnicas, a condição de cursos, de assessorias, mentorias, etc”, salienta o advogado e administrador Carlos Villela.

“Entendo que esse projeto pode fazer toda a diferença para a gestão de micro e pequenas empresas. Muitas empresas da nossa região começaram pequenas, algumas com um ou dois funcionários, e hoje são grandes empresas, com destaque no cenário nacional. Às vezes, o gestor só precisa de um apoio como esse para poder crescer ou mesmo se manter no mercado”, destaca a especialista em gestão de custos, Silvana Milanese.

“A maioria das pessoas começa a relatar os problemas financeiros, mas muitas vezes não são gerados pelo caixa e sim por outros fatores. Nosso trabalho inicialmente é resolver as dores principais e depois organizar um pequeno plano, estabelecendo os procedimentos que devem ser seguidos. As mentorias ajudam a entender o negócio, destravar as decisões e a manter as empresas em atividade”, ressalta o especialista na área de finanças, Alessandro Ramos Costa.

Projeto iniciado durante a pandemia

O Projeto Conexão Associados foi iniciado durante a pandemia para auxiliar os empresários nos obstáculos que se apresentavam, e se tornou um trabalho contínuo da entidade. “Iniciamos o projeto durante a pandemia para contribuir e fortalecer as empresas num momento de grandes dificuldades. Somente em 2020, foram 400 empresas contactadas. Agradecemos aos mentores, muitos deles conosco neste trabalho desde o início, outros que entraram depois”, frisa o diretor da Acic, Renato Ferreira Costa, um dos idealizadores do projeto.

“É um trabalho muito importante junto às empresas associadas da Acic, que hoje são mais de 80% formadas por micro e pequenos empresários. É um apoio que a Acic oferece por meio dos consultores especializados, fortalecendo assim os negócios e promovendo o desenvolvimento da cidade”, acrescenta Costa.

A diretora executiva da Acic, Maria Julita Volpato Gomes, também ressalta a importância do trabalho voluntário realizado pelos mentores. “Se a Acic tem o tamanho que possui hoje é por conta de todas essas contribuições que os voluntários trazem. Todo esse trabalho voluntário realizado por meio dos núcleos setoriais, dos membros da diretoria, do presidente, é que engrandece uma entidade como a Acic. Ter esse apoio é fundamental para que a entidade se mantenha cada vez mais fortalecida, e consequentemente as empresas se fortalecem, a economia cresce e a cidade se desenvolve. Nosso sentimento é de muita gratidão aos mentores do projeto”, enfatiza.

Interessados em participar

Empresas associadas interessadas em participar do projeto podem entrar em contato pelo e-mail solucoes@acicri.com.br ou em (48) 9 9917-5547.