“Cuide-se, use máscaras” é tema de campanha lançada pelo Núcleo das Mulheres Empreendedoras da ACIJ




Com intuito de incentivar que a população de Joinville se previna para não contrair o coronavírus, o Núcleo das Mulheres Empreendedoras da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ) lançou a campanha “Cuide-se, use máscaras”. O objetivo é confeccionar 40 mil unidades com venda aos associados. A produção teve início há semana e atualmente conta com apoio de três confecções de Joinville, remuneradas pelo trabalho.

A iniciativa liderada pelo Núcleo de Mulheres Empreendedoras inicia com a compra do tecido de microfibra com tratamento bactericida e depois é destinado à costura. O custo médio da produção de cada item é de R$ 2,50 e vem com embalagem. Associados, pessoa jurídica, podem fazer o depósito antecipado e os cidadãos adquirir o mínimo de quatro unidades.

A presidente do grupo, Silvia Coleraus, explica como os associados e a comunidade devem proceder. “Diariamente recolhemos as máscaras confeccionadas e levamos na ACIJ. Quem estiver interessado nos contata por e-mail e solicita a quantidade”. É preciso escrever para mascaras@acij.com.br. Segundo a empresária, antes do início da produção foram realizados testes de amostras em tecidos, avaliação da capacidade de produção das confecções e levantamentos de custos. O núcleo ainda avalia os números para realizar doações.

Para o presidente da ACIJ, a ação tem cunho institucional “As empresas podem adquirir ao preço de custo, mas o principal é que os associados passem a usar máscaras, bem como seus colaboradores e famílias. Em outros países o uso de máscaras de pano é massivo, mas inspira outros cuidados educativos como não levar a mão ao rosto enquanto a utiliza”, explica o presidente, João Joaquim Martinelli.

Outras ações com máscaras

A ACIJ atua com frentes distintas para a proteção facial: foram adquiridas 150 mil máscaras da China, deverão chegar à cidade no fim do mês; serão direcionados especificamente aos profissionais da saúde, é o caso das N95 para médicos e equipes que atuam diretamente com pacientes infectados pela Covid-19. As outras 100 mil irão para a área da saúde, mas para profissionais que circulam em ambientes hospitalares. A Secretaria Municipal de Saúde vai retirar os materiais na entidade e fará a gestão.

“A prioridade do fornecimento de máscaras N95 é para as equipes do sistema de saúde público porque são os profissionais na linha de frente contra a pandemia em Joinville, mas precisamos incentivar a população a utilizar modelos mais simples, como as de pano que servem para prevenção”, explica o presidente da entidade, João Joaquim Martinelli, e complementa.

A ACIJ também fez a aquisição de uma tonelada de TNT SMS para confecção de 550 mil máscaras; esse material chega na sede no final do mês. As máscaras serão costuradas por duas empresas têxteis integrantes da diretoria da ACIJ e doadas à população por meio da Secretaria de Assistência Social.

Outra ação concretizada foi a doação de 100 quilos de filamentos PLA ao Fab Lab Joinville para impressão 3D de 1,2 mil máscaras (face shields), distribuídas há duas semanas em hospitais, órgãos de segurança como Corpo de Bombeiro Voluntário (CBVJ) e Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). Outras 50 mil estão sendo produzidas pela Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (Abinfer).

Como usar as máscaras:

https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/04/1586014047102-Nota-Informativa.pdf

Decreto que obrigada o uso de máscaras:

https://sei.joinville.sc.gov.br/sei/publicacoes/controlador_publicacoes.php?acao=publicacao_visualizar&id_documento=10000006646814&id_orgao_publicacao=0