Associação Empresarial de Içara terá participação no Centro de Inovação Regional




A trilha pela inovação da Associação Empresarial de Içara vai se juntar ao movimento regional do Centro de Inovação de Criciúma, o Crio, com a participação no grupo de trabalho destinado a regionalização das ações. Essa sinergia é resultado da segunda edição do Conversa Aberta de 2022 realizado com a participação de empreendedores, além de representantes de outras entidades da cidade, como a Câmara de Dirigentes Lojistas, na noite desta quarta-feira, dia 6. “Queremos criar pontes e que todas as esferas sintam-se parte para fomentar esse ecossistema local”, sublinha a presidente da Acii, Tatiana Pavei da Silva.

De acordo com o presidente do comitê de implantação do Centro de Inovação, Valmir Cabral da Silva Neto, além da regionalização, o Crio tem outras frentes de trabalho atualmente ativas. Até a inauguração da obra, prevista para 2023, em Criciúma, ainda será preciso definir o modelo jurídico, a estrutura organizacional e criar ações para ativação do ecossistema com eventos e palestras. “O Crio será um ambiente para promover o empreendedorismo inovador em toda a região”, afirma.

Em Içara, duas leis já foram sancionadas pelo Poder Executivo para criar ambiência para a inovação. Uma delas com a equiparação do Imposto Sobre Serviço do setor de tecnologia às cidades de referência em Santa Catarina, entre elas, Florianópolis. O valor passou de 5% para 2%, ou seja, a alíquota mínima. Também sob a sugestão da Acii, foi regulamentada por lei a atividade de coworking. Além da articulação de ações com o poder público, um grupo de trabalho com empresas interessadas na inovação foi criado pela Associação Empresarial de Içara.

“É importante para toda a região essa discussão. Cada cidade precisa trabalhar desde já a implantação da sua Lei de Inovação com o aparato necessário para também fomentar o ecossistema, indiferente da vocação econômica atual, com um conselho municipal formado por diferentes entidades e segmentos”, ressalta ainda o coordenador do grupo de trabalho jurídico do Crio, também diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Aldinei Potelecki.