Alto Vale entrega cartilha Voz Única a candidatos da região




Aspirantes do Alto Vale aos cargos de governador, senador, deputados estadual e federal também conheceram nesta quarta-feira (31/8), em Rio do Sul, as demandas da região e receberam o documento Voz Única em mais um evento da Facisc e associações empresariais. Este foi o quarto encontro dos 12 eventos que serão realizados nas regionais da Federação.
Representando o presidente da Associação Empresarial de Rio do Sul (Acirs), o vice-presidente, Cleiton Pamplona, ressaltou que este é um importante momento para a o setor empresarial conhecer seus futuros representantes. “Precisamos crescer, gerar empregos e fazer com que as empresas tenham mais competitividade, por isso precisamos do apoio dos candidatos para estas prioridades que apresentamos aqui hoje”, declarou.
O presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves, apresentou os dados e os objetivos do Programa que pretende ser uma bússola para os futuros eleitos apontando as reais necessidades das regiões com o olhar do setor empresarial. “O propósito do Voz Única é ser uma contribuição para os futuros gestores, com aquilo que visualizamos e entendemos ser importante para o estado e as regiões”, declarou o presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves.
Vice-presidente para a regional Alto Vale, Maicon Luiz, apresentou as demandas da região. “O Alto Vale merece e precisa ter mais representatividade para que tenhamos quem nos escute e saiba o que é melhor para a região”, destacou.
A regional Alto Vale da Facisc é composta pelos municípios de Agrolândia, Ibirama, Ituporanga, Leoberto Leal, Pouso Redondo, Presidente Getúlio, Rio do Sul, Salete, Taió e Trombudo Central.

Conheça os pleitos prioritários da regional Alto Vale:

1. Duplicação da BR 470/SC até a interseção com a BR 116 conforme o EVTEA;
2.. Solicitação de verba parlamentar para custeio dos 16 hospitais da região ou custeio via secretaria estadual de saúde;
3. Inclusão do Vale e Alto do Itajaí nos estudos para a implantação de novas ferrovias em Santa Catarina;
4. Continuidade dos projetos para a contenção de cheias na Bacia do Itajaí
5. Aumento do efetivo do 13º Batalhão da Polícia Militar.