ACIRS ganha presente histórico do ex-presidente Eduardo Schroeder




Com o painel medindo quase 3 metros de largura e 1 de altura, fixado na recepção da Associação Empresarial, a ideia é mostrar Rio do Sul no passado e no presente. A parte superior é formada por cinco fotos digitalizadas e colocadas lado a lado, que retratam a cidade na década de 1930. Embaixo está a cidade nos dias atuais, levando em conta o mesmo ponto de vista das imagens antigas.

“As fotos antigas eram da Wally Odebrecht, tia da minha mãe, que morava no casarão verde localizado no início da rua Ruy Barbosa e que, inclusive, aparece no retrato. As originais eram menores, a nossa família já tinha ampliado uma vez e agora surgiu a ideia de aumentá-las ainda mais e uni-las formando uma imagem só”, explica Schroeder.

O responsável pela montagem dessa verdadeira obra de arte foi o fotógrafo e jornalista Xico Stocker.

“Posicionamos um drone no local mais próximo daquele que acreditamos ter sido usado quase um século atrás, fizemos uma série de fotos para registrar o mesmo campo de visão. Com o auxílio de um software específico as fotos antigas foram tratadas e unidas, convertendo-se em uma única foto. Da mesma forma, a foto de Rio do Sul hoje foi obtida com a união de três imagens”, explica Stocker.

Outro fato curioso é que o cunhado da dona Wally era membro da família Hering, de Blumenau, e a ponte que também aparece nas imagens leva o nome de Curt Hering.

“Essa doação foi uma forma que eu encontrei para agradecer a minha passagem pela presidência da ACIRS e, ao mesmo tempo, para homenagear a cidade que a gente precisa cuidar para que possa crescer, evoluir e ter o protagonismo que já teve no passado aqui em Santa Catarina”, finaliza o empresário.