Programa DEL


O Objetivo do Programa DEL é aumentar a competitividade e a capacidade de transformação dos municípios catarinenses a partir de uma estratégia sustentável e de longo prazo, que fortalece a economia local e melhora a qualidade de vida dos munícipes.

Em 2011, a FACISC implantou o Programa DEL com o objetivo de atender à crescente demanda das associações locais, principalmente de municípios de pequeno e médio porte com economia subdesenvolvida, por um programa de desenvolvimento econômico local sustentável.

O programa, que já está implantado em mais de 30 municípios (em 4 estados federais) e se baseia no fortalecimento do diálogo entre governo local, empresários e sociedade civil, que planejam e implementam, em um conselho de desenvolvimento econômico, um conceito de desenvolvimento sustentável prazo estabelecido para esse fim.

A evolução do DEL:

 


  •  

    • Sustentabilidade como vantagem competitiva para os destinos
    • Parceiros fortes nacionais e internacionais
    • Inserção de temas globais nas políticas municipais
    • Qualidade da equipe e dos instrumentos
    • Princípios sólidos, mas flexibilidade de acordo com realidade local
    • Compromisso com a Agenda 2030

     

    Princípios:

  • RESULTADOS SUSTENTÁVEIS PARA A SOCIEDADE

    • Melhora da qualidade de vida nos centros urbanos e rurais.
    • Ambiente favorável para a atração de investimentos.
    • Capacidade de desenvolvimento aliando perspectiva econômica e qualidade de vida da população de forma sustentável a médio e longo prazo.
    • Fortalecimento da parceria entre o setor público e privado. Melhora da credibilidade dos conselhos de desenvolvimento municipais.
  • “Com o DEL tirarmos do papel muitas ideias em prol do desenvolvimento de Fraiburgo”.

    Jorge Pederiva – Presidente da Associação Empresarial de Fraiburgo

     

    “O DEL veio para preencher a lacuna existente entre o interesse público e privado”.

    Dianei Fortti -Conselheiro DEL de Quilombo

     

    “A solução de cada município está dentro do próprio município”.

    Ivo Biazzolo – Prefeito de Fraiburgo

     

    “O DEL na nossa cidade pode nos ajudar muito para trazer qualidade de vida para as pessoas”.

    Neuri Brunetto – Prefeito de Quilombo

     

    “Implantamos o DEL para empoderar a sociedade e dar continuidade a projetos de desenvolvimento. Através do DEL conseguimos ter o envolvimento de autoridades, empresários, profissionais técnicos em prol do desenvolvimento dos municípios, lembrando que as ações sempre devem passar sempre pelos seres humanos que são os principais agentes beneficiados”.

    Leide Mara Bender – Prefeita de Itá

     

    “Em Getúlio Vargas – RS, o DEL veio para dar um basta à exportação de mão de obra do município”.

    Pedro Paulo Prezzotto – Prefeito de Getúlio Vargas, Rio Grande do Sul.

     

     

    “Estamos muito satisfeitos com a parceria com o DEL TURISMO, Senac, e todos os envolvidos. O Programa é muito importante para o desenvolvimento da nossa região devido ao profissionalismo, pois trabalha as potencialidades do município, o que é algo transformador”.

     

    Daniel Américo

    Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Parnamirim/ RN

    “DEL Turismo has been empowering governments, communities and business leaders in Brazil in developing a sustainable tourism management aligned to the Green Destinations Standard, which is fundamental for achieving real tourism sustainability. DEL Turismo proved to be a global leader playing a pioneer role unrivalled in Latin America. This makes us proud to have DEL Turismo as our key partner since 2019.”

    Albert Salman
    Green Destinations Foundation’s president

    “A CACB enxerga que o DEL é de extrema importância para a economia, pois as empresas só conseguem se desenvolver quando existem ambientes favoráveis ao crescimento sustentável”.

    Carlos Rezende – Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil.

    “Acompanhar o desenvolvimento nos destinos turísticos do Rio Grande do Norte após a implantação do Programa DEL Turismo é bastante salutar pois fica clara a maturidade adquirida pelos envolvidos no processo, seja por meio do funcionamento das câmaras temáticas ou pelos treinamentos realizados que possibilitam uma gestão municipal mais assertiva.
    Com a maior integração entre o setor privado e a comunidade local, todos saem fortalecidos com a execução do Programa que contribui de maneira bastante positiva para o turismo, por ser um projeto inovador e implantar um modelo de gestão de instância de governança local.
    Para o RN é importante ver os destinos que fizeram adesão ao Programa Del Turismo receberem premiações como TOP 100 Destinos verdes e a certificação Prata do Green Destinations pelos esforços no caminho da sustentabilidade, trazendo visibilidade aos destinos e melhorando a competividade”.

    Solange Portela
    Subsecretária de Políticas e Gestão Turística do RN

    “O Programa DEL já vem funcionando desde 2018 em São Lourenço do Oeste como um importante instrumento para administração pública e para a sociedade. Pensando o município para os próximos 5,10, 15, trinta anos, essa ferramenta permitiu realizar o programa “Ilumina Cidade Jardim” , trocando todas as lâmpadas de vapor, de sódio, que têm manutenção cara  por lâmpadas novas,  de LED, que dão mais segurança e comodidade.

    Também permitiu o intercâmbio com a Alemanha e, nesta parceria, conhecer o que a Europa, o primeiro mundo, está desenvolvendo. Na oportunidade vimos que a prioridade é o lazer, o meio ambiente e as pessoas.  Como resultado também revitalizamos as praças centrais da cidade e estamos trabalhando no desenvolvimento de um parque ambiental.

    Durante a pandemia , além de cuidar bem da saúde, criamos o Programa Juro Zero com o apoio do Programa DEL como forma de fomentar e dar suporte financeiro as empresas com o município pagando os juros dos empréstimos que são concedidos nas instituições  financeiras. Por tudo isso, o DEL é um sucesso em São Lourenço do Oeste e está contribuindo e muito com o nosso desenvolvimento”

    Rafael Caleffi

    Prefeito de São Lourenço do Oeste

     

    “Com a implantação do Programa DEL a cidade de Rolante começou a ter sinergia, unindo as entidades, empresários e o poder público para buscar capacitações e consultorias nacionais e internacionais nos temas identificados como campos de competência do município (turismo sustentável e setor da indústria de alimentos). Em curto espaço de tempo começamos a ver a diferença no município. Rolante agora é um munícipio com planejamento estratégico, sabemos onde queremos chegar nos próximos 20 anos. Com projetos inovadores como Cooperativas Escolares, que desenvolvem líderes que estarão à frente do município no futuro e Concurso de Startups, incentivando novas empresas nos setores de interesse do município, preparamos o trade do turismo e os atrativos para um desenvolvimento do turismo de forma sustentável. Com tudo isso, Rolante teve seu reconhecimento em 2020 no Top 100 Destination Sustainability stories do Green Destinations. Com a metodologia implementada do Programa DEL em Rolante, posso dizer com muito orgulho, que além de ter promovido a qualidade de vida aos munícipes, Rolante está atraindo muitos investidores no setor de alimentos e com o avanço muito expressivo do desenvolvimento do Turismo Sustentável e na Educação e o município tem uma grande visibilidade nacional e internacional.

     

    Evandro Afonso Lembi

    Secretário de desenvolvimento econômico e turismo de Rolante

    Gestão 2017 a 2020

    “O DEL em Schroeder nasceu da preocupação que tivemos com o crescimento desordenado que poderia acontecer, devido a construção de uma BR que atravessa o município. A ACIAS, Associação Empresarial e Agrícola de Schroeder, desejava garantir o desenvolvimento sustentável e qualidade de vida da população

     No DEL encontramos a união das estatísticas e com as intensões, que se desdobram em projetos permitindo que os atores locais e suas lideranças participem do planejamento que busca o desenvolvimento do município e qualidade de vida de seus munícipes.

    Focamos na comunicação levando o DEL para toda comunidade, pois precisávamos fazer o DEL ser conhecido por todos! E assim surgiu o Del nas escolas, sensibilizando os jovens para levarem o Programa para suas casas e compartilharem a ideia com seus familiares. Propusemos aos jovens que pensassem como queriam estar nos próximos 15 anos e estimulamos fizessem o mesmo com seus pais. Foram 2 mil crianças impactadas. Além de fazer com que a comunidade conhecesse o DEL, também queríamos que a comunidade desenvolvesse um pensamento de longo prazo e com intensão de empreender no município, o que vem ao encontro do plano de desenvolvimento econômico desenhado. Com isso conseguimos fazer com que os jovens, que antes estavam descontentes ou almejavam sair da cidade quando adultos, entendessem que Schroeder é uma ótima cidade para empreender e prosperar desde que se tenha uma visão de logo prazo e trabalhe para atingir os objetivos traçados.

     Desta ação, surgiu a Câmara Técnica de Educação Empreendedora que desenvolveu um projeto de Empreendedorismo nas escolas e o piloto foi com crianças do oitavo ano que melhoraram seu desempenho escolar e desenvolveram suas habilidades pessoais, que pudemos nas apresentações dos trabalhos e na feira de empreendedorismo organizada por eles.

    Outro ponto a ser destacado foi o despertar de um sentimento de autoestima maior, principalmente em momentos difíceis ou de crise. Quando se pensa no futuro, sempre se pensa de maneira positiva, e o DEL cria essa atmosfera de otimismo no município. Schroeder foi a cidade da região menos afetada na crise com a perda de empregos e a que mais rapidamente tem ser recuperado na retomada econômica.

     Fazer parte da Família DEL nos mostra que não somos os únicos a passar por certas dificuldades e que podemos nos apoiar e aprender com outros nossos pares por meio de intercâmbios constates que o programa nos proporciona.

     A metodologia simples facilita a realização do programa que se adapta a realidade de cada cidade e atua no desenvolvimento de projetos que atendem a necessidade local valorizando as expertises dos atores locais e agregando valor a todos.

     Por fim, o DEL cria uma rede de gratidão, pois apoiamos e somos apoiados e estamos sempre nos retroalimentando neste processo. Com uma organização tripartite, as fogueiras da vaidade dão vez a colaboração e a credibilidade”.

     

    Rogerio Maldaner

    Presidente ACIAS  – Exercício 2016 a 2020