Presidente do CEME, Poliana de Oliveira, participa como convidada especial da reunião do Núcleo da Mulher Empresária




“Tudo começa por um ponto”. Esse foi o início da fala da presidente do Conselho Estadual da Mulher Empresária de Santa Catarina (CEME), Poliana de Oliveira, na última reunião do Núcleo da Mulher Empresária de Maravilha.

Ela foi a mulher empresária inspiradora convidada para compartilhar seu case na reunião do dia 17 de março. Na oportunidade, Poli – como carinhosamente é chamada –, compartilhou sua experiência dentro do associativismo, iniciada ainda em 2012, como a primeira coordenadora e uma das fundadoras do Núcleo da Mulher Empresária, ligado à Associação Empresarial de Maravilha.

“Lembro-me do então presidente da entidade, Jonas Dall’Agnol, me convidando para o desafio. Na hora disse sim, sem nem imaginar o que precisaria ser feito. Foram anos de muitos desafios, mas carrego dentro de mim a frase: o que me desafia me transforma. Depois disso, muitas oportunidades surgiram dentro do associativismo e carrego, com muito orgulho, tudo o que vivi até aqui, cada pessoa que passou na minha vida durante este período e todos os aprendizados”, ressaltou Poliana.

Desde 2012, Poliana foi muito atuante dentro dos núcleos e da CDL e da Associação Empresarial de Maravilha. Passou por cargos de coordenação, atuou na diretoria e foi presidente por dois mandatos, deixando um grande legado, principalmente com a edificação da sede própria das entidades.

Em 2020, para registrar sua história como fonte de inspiração para outras mulheres associativistas, inovadoras e empreendedoras, Poliana foi coautora do livro “Empreendedorismo Feminino: Inovação e Associativismo”, onde relatou sua experiência e destacou como as mulheres do núcleo foram importantes em sua trajetória. “Dedico este capítulo a cada uma de vocês, que inspirou a minha história”, disse Poli, ao falar sobre o livro em sua apresentação para as nucleadas.

Na data alusiva ao Dia Internacional da Mulher, todas as nucleadas receberam o livro de presente, com uma dedicatória especial para cada uma. “A Poli é motivo de muito orgulho para todas nós. Vimos sua evolução e temos a certeza de que suas conquistas dentro desse movimento serão ainda mais gigantes. É uma satisfação enorme tê-la como nossa nucleada”, finalizou a coordenadora do Núcleo da Mulher Empresária, Jacqueline Moroni Borguetti.