Novos associados da ACIC são recepcionados em evento on-line




            Núcleos empresariais, canal do Telegram, cartões Util, Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), convênios, estrutura para eventos, reuniões e capacitações. Esses são alguns dos benefícios que a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) oferece aos associados. Além disso, integrar a entidade promove networking, possibilita troca de experiências e a convivência com empreendedores de diferentes segmentos.

            Para recepcionar os novos associados e apresentar as atividades e ações da entidade, a ACIC promoveu, nesta semana, um encontro on-line. Mais de 150 novas empresas e profissionais se associaram neste ano, juntando-se aos demais 1.500 que já integram o quadro associativo. Os empreendedores fizeram um breve relato sobre as empresas e porque se associaram: estão em busca de conhecimento, troca de informações, networking, querem integrar uma entidade representativa e fazer novos negócios.

O presidente da ACIC, Nelson Eiji Akimoto, falou da representatividade da entidade que, além de oferecer serviços diretamente aos associados, atua em busca de melhorias para a classe empresarial. “Neste ano, mesmo com a pandemia, mantivemos as ações da diretoria e todas as atividades da entidade”. Akimoto ressaltou que em março, logo na primeira semana quando foi decretada a paralisação das atividades econômicas não essenciais em todo o Estado, com muita rapidez a ACIC lançou as 10 medidas para enfrentamento à pandemia. “Com o avanço da covid-19 e pelas demandas dos associados e protagonismo da diretoria da ACIC, hoje são 20 medidas que vêm auxiliando esse enfrentamento e fortalecendo, através do associativismo, as empresas, a comunidade e as pessoas, para juntos superarmos essa pandemia e tirarmos grandes aprendizados de tudo que estamos vivendo”.

Entre as ações estão orientação jurídica e tecnológica gratuita, criação do Fundo Garantidor para facilitar o acesso ao crédito, projeto Mentoria Solidária, criação do selo “Produzido em Chapecó”, campanhas para arrecadação de recursos ao Hospital Regional do Oeste e para a retomada responsável da economia.

A nova associada Taise Perondi frisou que busca mais conhecimento por meio das capacitações que são oferecidas pela entidade, além de relacionamento e aprendizado. “A participação na ACIC proporcionará troca de informações e ampliação da rede de contatos”, enfatizou. Ampliar a rede de relacionamentos também é a intenção de Waldir Carvalho. “O próximo passo será participar de um núcleo”, comentou. “Sempre busco estar em ambientes que têm pessoas que sabem mais do que eu e na ACIC estou no lugar certo. Já estou no Núcleo de Gestores de Pessoas e espero aprender e compartilhar conhecimentos”, relatou a associada Viviane Paninson.

Os núcleos empresariais são outra possibilidade de se envolver e participar ativamente da entidade. Atualmente, a ACIC possui 12 núcleos setoriais, multissetoriais e multitemáticos que envolvem mais de 250 empresas. A diretora de Desenvolvimento de Núcleos Empresariais, Cleunice Zanella, explicou que os núcleos são grupos de trabalho formados por empresas associadas, os quais oportunizam o aumento da competitividade, promoção do setor e desenvolvimento das organizações com a troca de conhecimento, auxiliando na criação de novas estratégias. Também incentivam a busca de novos mercados, tecnologia, inovação e desenvolvem lideranças.