Facisc solicita estudo de ligação aérea para agilizar correspondências dos Correios no Oeste




O envio de correspondências e produtos para Chapecó e região foi tema de reunião na quinta (28/7) entre representantes da Facisc e da Agência dos Correios.

O vice-presidente regional Oeste, Milvo Zancanaro, Thomáz Reginato, Coordenador do Núcleo de Comex de Chapecó, e o diretor de relações internacionais, Sérgio Luiz Matte, levaram ao conhecimento dos representantes dos Correios, Fernanda Colato Guillen, gerente dos Correios Chapecó, Vicente Moreira e Marciano da Silva Vieira, as dificuldades da região no recebimento de correspondências e produtos de origem nacional e internacional. 

“Chapecó é um Hub regional e no futuro pode ser um pólo internacional, pois inclusive Paraná e Rio Grande do Sul podem se beneficiar da  estrutura de Chapecó para agilizar os negócios de comércio exterior na região”, pontuou Milvo.

Segundo o vp, regional existem aviões de correspondências e produtos que ficam parados em Florianópolis pagando diárias mais caras do que em Chapecó, sem falar na qualidade dos transportes via estradas. “Precisa ser feito um estudo da logística para atender Chapecó e região pensando de forma internacional,  assim teríamos um atendimento de excelência e com melhores negócios para os correios e o setor produtivo”, destacou Milvo.