ACISA-CP entrega diretrizes empresariais aos candidatos ao executivo e legislativo do Município




Com o objetivo de ter um município fortalecido na indústria, comércio e prestação de serviços, a Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agronegócios de Cunha Porã (ACISA-CP) entregou na ultima sexta-feira(09) na sede da entidade, aos pré-candidatos ao executivo do município, Douglas Gollman(MDB), Luzia Iliane Vacarin(PSDB) documento propondo as diretrizes empresariais e empreendedoras para o desenvolvimento econômico local. O pré-candidato ao executivo Ricardo Augusto Freire(Patriota) por motivos pessoais não pode se fazer presente, vindo a receber posteriormente no dia (16). O documento também foi entregue aos presidentes de partidos para ser repassado aos candidatos ao legislativo.
As diretrizes empresariais foram elaboradas pela diretoria, conselho de núcleos e núcleos empresariais que fazem parte da ACISA-CP, e aprovadas em assembleia de associados. Segundo presidente Vanderlei Ahlert com a formação das diretrizes empresariais buscamos contribuir diretamente com ações e parcerias voltadas em prol da indústria, comércio e prestação de serviços. Temos e pregamos em nossos atos e atitudes, isenção política/partidária, transparência e idoneidade. Queremos através destes apontamentos, contribuir para o crescimento, modernização, e maior geração de emprego e renda para o setor da indústria, comércio e prestação de serviços, que por consequência promove o desenvolvimento e aumenta a arrecadação do município.
Nas diretrizes são levantados 9 pontos importantes para o setor da indústria e comércio e prestação de serviços como:
• Aumento do orçamento e verba repassada à pasta da indústria e comércio;
• Ampliação modernização e otimização a área industrial;
• Reformulação do projeto de incubadora industrial e incentivo à vinda de novas empresas, sejam essas de outros municípios ou a partir de investimentos de empreendedores locais;
• Aprovação de leis e projetos para apoio ao micro e pequeno empresário em situações emergenciais (pandemias, calamidades etc.);
• Criação de um fundo para o desenvolvimento da indústria e comércio;
• Renovação/revitalização e utilização do D.E. L entre outras medidas necessárias;
• Maior oferta de cursos profissionalizantes voltados à indústria, comércio e prestação de serviços. Criação da sala do empreendedor e inclusão da disciplina de educação financeira nas escolas municipais para alunos a partir do quinto ano;
• Participação na escolha do secretário que conduzirá a pasta da indústria e comércio;
• Criação de uma Lei orgânica municipal que permitirá a doação por parte do executivo de um espaço ou lote urbano de propriedade do poder público para a entidade.
As propostas encaminhadas a todos os candidatos independem do resultado final do pleito. “Nossa intenção, indiferente de quem ganhar a eleição, é fortalecer a indústria, comércio e prestação de serviços, para isso estamos dispostos a contribuir e ajudar contando com as representatividades tanto no Executivo, como no Legislativo”, finaliza o presidente da ACISA-CP, Vanderlei Ahlert.